seg. ago 26th, 2019

Inclusão de Ouro emociona novamente na pista de Esteio

Prova da raça Crioula para portadores de necessidades especiais vem ganhando adeptos

 

O dia 17 de março de 2019 grava a sua contribuição na história da Inclusão de Ouro. A data marca a realização da segunda prova oficial da modalidade direcionada a portadores de necessidades especiais. Sediada em Esteio (RS), junto da programação do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região, esta edição contou com seis participantes, dos quais cinco estavam estreando na disputa da competição.

De acordo com a coordenadora da subcomissão da modalidade e idealizadora da prova, Josilene da Silva Martins, além dos próprios competidores, a organização saiu muito satisfeita e vitoriosa com o resultado, que pôde proporcionar mais um momento único a todos os envolvidos. “Mais uma vez a prova emocionou o público que estava assistindo e fez a diferença na vida dessas seis pessoas”, diz.

Além disso, durante o evento no Parque de Exposições Assis Brasil, a coordenadora conta que já foi procurada por interessados em treinar para participar de uma nova edição da prova. Uma situação que já se tornou habitual, ajudando no crescimento da modalidade. “Nós apresentamos essa nova proposta lá no começo e a visibilidade que temos conseguido dar para a prova e para a raça é o principal ganho”, diz Josi.

Representando a gestão que desde o início não mediu esforços para abrir todas as portas para a modalidade, o presidente da ABCCC, Francisco Kessler Fleck, também esteve presente na disputa da segunda prova oficial, reafirmando o compromisso da Associação com o fortalecimento dessas ações. “A criação da subcomissão e oficialização da prova foi um desafio, mas a grande repercussão e adesão à esta prova mostra o acerto em criá-la. É emocionante é gratificante ver como a raça Crioula pode ajudar tantas pessoas a ter uma vida mais feliz”, avalia.

No resultado final, Ítano Figueiredo, ginete que participa da prova desde a sua idealização foi quem terminou na primeira colocação. O julgamento ficou a cargo do trio Eduardo Móglia Suñe, Felipe Caccia Maciel e João Malheiros Souza, que também foram os avaliadores da Credenciadora de Esteio, enquanto a supervisão técnica das competições foi de Daniel Rossato Costa, profissional credenciado à ABCCC.

Com o crescente interesse e os resultados positivos já alcançados, ainda há muito o que esperar da Inclusão de Ouro pelas pistas em 2019. De acordo com a subcomissão, pelo menos mais uma prova classificatória deve ser realizada antes da grande final, com data e local a serem definidos.

 

Confira o resultado

 

1º lugar

Ítano Figueiredo montando El Barquero 31 El Chaitén

Nota: 28,700

 

2º lugar

Fábio Santos dos Santos montando NP Jade

Nota: 27,883

 

3º lugar

Márcio de Azevedo Velho montando Atlas do Pampa Livre

Nota: 20,700

 

4º lugar

Mateus Barreto montando Intendente da Reservada

Nota: 19,733

 

5º lugar

Rodrigo Beduschi montado Intendente da Reservada

Nota: 19,392

 

6º lugar

Luan Ferreira Machado montando Atlas do Pampa Livre

Nota: 8,900

 

Foto: Felipe Ulbrich/ABCCC/Divulgação

Texto: Francine Neuschrank/ABCCC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *